sáb., 31 de jul. | Evento Online

Os campos virtuais da educação musical na pandemia... -Ethel Batres (Guatemala).

Sair do buraco negro da pandemia não foi tão fácil quanto gostaríamos. Mas significou mudanças radicais na forma de entender a educação, especialmente para educadores musicais.

Horário e local

31 de jul. 09:00 – 12:00
Evento Online

Sobre o evento

• Sair do buraco negro da pandemia não foi tão fácil quanto gostaríamos. Mas significou mudanças radicais na forma de entender a educação, especialmente para educadores musicais. O princípio nº 1 da FLADEM indica que “a educação musical é um direito” ... e nesta crise também notamos que “a educação digital é um direito” e agora uma liga a outra. Na América Latina, às vezes nenhum dos dois é realizado, e às vezes ambos são alcançados com sucesso. Entre a vida real e a morte, a educação musical é como presunto no sanduíche. Achávamos que o sistema educacional era tão rígido que nada o jogaria fora. Porém, o vírus o obrigou a uma série de flexibilidades: no currículo, na avaliação, na abordagem. Os educadores em geral passaram a gozar de autonomia, mas também de uma pressão impressionante ... Nesse cenário, os campos educacionais virtuais assumem uma dimensão inusitada, e a maneira como são projetados invade lares, famílias e projeta um caminho antes não pensado relações humanas. As situações estão se tornando imprevisíveis e isso rompe com a lógica tradicional de abordagem da educação. Paralelamente, a linearidade também se atrapalha e agora existe uma globalidade inovadora cheia de aplicações, na qual a música tem inúmeras possibilidades. A formação de professores envolve novas habilidades e a forma de adaptação tão rápida e envolvente é incrível. Como uma obra dramática contemporânea, a unidade de tempo, a unidade de lugar e a unidade de ação são quebradas. E nessa atuação que parece surpreendente, talvez nada seja tão falacioso quanto pensar na “democratização” do conhecimento. Os debates sobre o retorno à presença extrapolam o espaço físico, pois agora as bases da construção do conhecimento foram tocadas pelo modo como ele está se desenvolvendo e pelo jeito que um aluno que faz Tikoks o tempo todo, e quem não faz. até tem um telefone celular. Os professores começaram a se considerar produtores de realizações virtuais, e apenas consumi-las não funciona mais na educação. Será necessário experimentar se para ensinar será necessário viralizar ... e se os novos "bons professores" preferirem ser chamados de “influencers”.

Importante: Para o desenvolvimento do curso será importante sugerir que os participantes tragam o seu celular, e que tenham baixado pelo menos 2 destes aplicativos: Anchor / Kinemaster / Inshot / CapCut / Tik-Tok. 

Nota: Se alguém não trouxer, não haverá problema. Pois vamos utilizá-los, mas não é um workshop para aprender a utilizá-los ... servirão apenas como elementos motivacionais, para que trabalhemos o tema central

• Ethel Marina Batres Moreno, guatemalteca, educadora musical, pesquisadora, autora de 23 livros e 32 CDs. Concluiu o Doutorado em Pesquisa Social; Mestre e Bacharel em Artes. Dirigiu o Bacharelado em Educação Musical na Universidade Da Vinci, onde é professora. Dirige o programa ¡Viva la Música!.  É membro consultivo da CLEA e dos Comitês de Consultoria e Publicações do FLADEM, entidade da qual foi presidente latino-americana. Pertence ao Movimento Latino-Americano de Canção Infantil. Professora e palestrante em Universidades latino-americanas; consultora de organizações internacionais. Recebeu vários reconhecimentos pelo seu trabalho artístico-pedagógico.

_______________________________________________________________________________________________

CURSOS DE INVERNO CBM/FLADEM/Fladem Brasil 2021

Os cursos estão acontecendo aos sábados das 9h às 12h, com 3h de carga horária no certificado. As inscrições são realizadas através da plataforma Sympla e os cursos online estão no valor de R$55 para inscrições padrão ou R$45 para alunos do CBM e associados ao FLADEM (Lote 1/antecipado). O próximo curso será no sábado dia 03 de julho com a Professora Maristela Loureiro (EMIA-SP) e a inscrição em nossa página na Sympla: https://www.sympla.com.br/poscbmfladem

Sobre o FLADEM: http://fladem.info/ 

Sobre o Fladem Brasil: https://www.fladembrasil.com.br/

Compartilhe este evento